domingo, 23 de abril de 2017

O DEUS DESCONHECIDO


TEXTO: At 17. 16-34
INTRODUÇÃO: O apostolo Paulo estava na sua segunda viagem missionária. Depois de ter sido preso em Filipos, depois de ter sido escorraçado de Tessalônica, depois de ter sido enxotado de Bereia ele chega a Atenas.
·         Atenas era a capital intelectual do mundo.
·         Uma cidade aspergida por um clima e ambiente de erudição.
·         Era terra dos grandes pensadores gregos, como Sócrates, Patlão, Aristóteles, daqueles que encheram sua biblioteca com sua erudição.
·         Paulo chega nesta cidade, a cidade que era sede das grandes olimpíadas, de grandes jogos olímpicos.
·         A bíblia diz que Paulo quando ele chega à cidade, ele começa a andar por ela.
Ø  À medida que Paulo anda na cidade o espírito dele vai se revoltando, por causa da idolatria que ia reinando na cidade.
·         Aqui nós temos um fato curioso: COMO A CULTURA HUMANA NÃO CONSEGUE ILUMINAR OS OLHOS DA ALMA:
Ø  Na mesma cidade em que reina a maior cultura intelectual, também reina a maior obscurantismo espiritual.
Ø  Eles tinham tanta luz na cabeça, mas o coração estava cheio de trevas.
Ø  Ainda hoje percebemos que nos lugares mais cultos intelectualmente, reina as vezes o maior obscurantismo espiritual.
Ø  Exemplo: O estado do Rio Grande do Sul, é talvez um dos estados mais intelectualizados do Brasil, mas também onde reina o maior índice de ateísmo no Brasil e esta presença o maior numero de feitiçaria no Brasil.
Ø  Conhecimento intelectual sem iluminação do Espírito não produz conhecimento espiritual.
·         Paulo percorre a cidade e vai dissertar nas sinagogas.
Ø  Havia judeus na cidade e eles se reunião para estudar a lei de Deus e Paulo foi La.
Ø  Mas Paulo também todos os dias estava na praça
Ø  Para os gregos, praça era um lugar muito mais importante do que um jardim bonito.
a)      A praça era o local onde os grandes assuntos eram debatidos.
b)      Onde os pensadores expunham suas idéias
c)       Onde as pessoas tomavam importantes decisões
d)      Paulo esta lá, onde o povo esta para discutir com eles, para trazer a mente deles o conhecimento da palavra de Deus.
·         Paulo começa a contende com dois tipos de grupos filósofos:
Ø  Ele discuti com os epicureus e com os estóicos.
Ø  Quem eram os epicureus e os estóicos?
Ø  Os epicureus acreditavam que a vida é só o aqui e agora.
a)      Não tem a eternidade.
b)      Não tem vida por vir
c)       Não tem esperança
d)      Não tem céu e nem inferno.
e)      É somente o aqui e agora.
f)       O sentido da vida para eles era curtir a vida, beber todas as taças dos prazeres.
g)      O lema deles era comamos e bebamos porque amanha morremos.
h)      PERGUNTO: OS EPICUREUS ESTÃO VIVOS AINDA?
i)        O que há de uma semelhança com a nossa geração?
j)        Aqui traz a idéia do relativismo, de que nada é proibido, onde tudo é licito tudo é normal e tudo é possível.
k)      Existe nos anos 90 uma serie chamada de ritiue, de um escritor americano que dizia que você pode ser isso ou aquilo, mas que você pode ser isso e aquilo, onde você pode ter duas caras, duas medidas, pode ser uma coisa em casa e outra no trabalho, uma coisa na igreja e outra na rua.
l)        Aqui a ética não é absoluta e tudo é relativo.
m)    Você é dono do seu nariz, você faz o que você quer e o que você gosta e ninguém tem nada haver com isso. Essa é a idéia dos epicureus modernos.
n)      Paulo estava lá dizendo para eles que havia uma verdade absoluta e um dia de juízo e eles precisavam se arrepender.
Ø  E quem eram os estóicos?
a)      Os estóicos diziam que a vida era marcada por um destino certo.
b)      A vida esta marcada por um rolo compressor e de um destino implacável e você não pode mudar.
c)       Trazia a idéia: EU NASCE ASSIM, EU VIVI ASSIM E EU VOU MORRER ASSIM.
d)      Temos muita gente que não crer em mudança:
         i.            Gente que não crer que a vida pode mudar, o casamento pode mudar, que a família pode mudar e pessoas que já desistiram.
       ii.            Pessoas que já jogaram a toalha.
      iii.            Pessoas que não tem esperança
     iv.            Paulo vai lá para mostrar que tem esperança e que tem saída.
       v.            Não como existencialistas ateus diziam que a vida é como uma sala fechada, sem esperança e no escuro e dois inimigos morando juntos.
e)      Mas nós queremos afirmar que é possível mudar e reverter à situação.
TRANSIÇÃO: Paulo estava no areópago.
·         Areópago era um local em Atenas onde as grandes decisões de questões jurídicas eram descidas.
·         Eles queriam saber por que Paulo estava pregando coisas estranhas aos ouvidos deles.
Ø  Para eles Paulo estava pregando sobre estranhos deuses.
Ø  Eles tinham um pantheon com muitos deuses.
Ø  Segundo Plínio, na época de Paulo havia mais de 30 mil estatuas dedicada aos deuses em Atenas.
Ø  Cherefone chegou a dizer que era mais fácil encontrar um deus em Atenas do que um homem.
a)      Para cada monumento, para cada porte havia uma divindade.
b)      Isso levou Diógenes a satirizar com os gregos.
         i.            Um dia Diógenes saiu ao meio dia, com o sol em pleno dia com uma lanterna acessa na mão. Alguém o perguntou: O que você procura? Ele disse: Eu procuro um homem, só tem deus nesta cidade.
Ø  Lá Paulo estava pregando sobre Jesus e a ressurreição, e eles pensaram que Paulo estivesse pregando sobre dois deuses.
Ø  Eles imaginavam que ressurreição era uma deusa.
·         Disseram que Paulo era um tagarela
Ø  Tagarela no grego era “tico tico no fubá”.
Ø  É aquela pessoa que diz aqui e lá e não sabe o que esta falando.
·         O QUE NOS IMPRESSIONA:
Ø  Paulo não tinha jornal, televisão, rádio, folheto, facebook, wahtzap, redes sociais, twiter, não tinha bíblia impressa.
Ø  Atenas era uma cidade cosmopolita, um grande centro urbano, enorme cidade.
Ø  Os poucos dias que Paulo ficou ali, não se falava de outra coisa na cidade senão das ultimas novidades que Paulo pregava.
EXORDIA: Paulo caminhava pela cidade e viu um altar diferente dos demais. Aquele altar estava escrito: Ao Deus desconhecido.
·         Por que havia ali este altar?
Ø  Na cabeça dos gregos, os deuses eram vingativos
Ø  Na cabeça dos gregos, se alguma divindade fosse esquecida e não tivesse um altar, ele puniria as pessoas.
Ø  Com medo de serem punidos por uma divindade desconhecida eles criaram aquele.
·         Paulo aproveitou a oportunidade e começou a falar sobre o Deus que eles não conheciam o Deus verdadeiro.
FRASE DE LIGAÇÃO: Quem é esse Deus desconhecido?
1.       O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, ELE É UM DEUS CRIADOR
        I.             OBSERVE O VERSO 24: O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens...
·         E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação... Atos 17:26
·         Paulo não estava falando isso para pessoas ignorantes
·         Ele estava falando isso para o povo mais culto da terra.
·         Paulo não tinha dificuldade de afirma à primeira doutrina que era a criação de Deus.
Ø  A idéia que se tem hoje é que se você crer na criação de gêneses você é gente de segunda categoria intelectual.
Ø  Hoje se passa nas escolas que se você não crer na evolução você é uma pessoa tapada.
Ø  Hoje se ensina a teoria da evolução com se fosse uma verdade absoluta.
Ø  Ate determinados cristãos estudiosos querem unir Darwin com Jesus Cristo.
Ø  Alguns começam a dizer que o livro de Genesis capitulo 1 e 2 não é literal e sim uma metáfora, uma espécie de novela espiritual
Ø  Porem para nós negarmos Genesis 1 e 2:
a)     Nós vamos ter que negar todo Pentateuco e todos os livros históricos.
b)     Vamos ter que negar os livros poéticos
c)      Vamos ter que negar os evangelhos
d)     Vamos ter que negar o livro de atos.
e)      Vamos ter que negar as epistolas e até o livro de apocalipse.
f)       Porque a verdade da criação citada em toda bíblia.
      II.            Para negar a criação, você precisaria ser um liberal.
·         Você teria que ser alguém que acredita que a bíblia de fato não é a palavra de Deus.
   III.            Paulo ele crer que Deus criou.
·         Interessante que Paulo não diz que o homem veio do macaco.
·         Paulo não diz que o homem veio de evolução.
·         Confira o verso 26: E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação...
    IV.            Não podemos abrir dessa verdade crucial do cristianismo.
·         No principio criou Deus o céus e a terra....
      V.            Na época da revolução francesa, ouve uma campanha ateísta. Um emissário da revolução foi para uma cidade campesina e eles estavam perseguindo de forma hostil a igreja cristã. Ele chegou para um camponês crente e disse: Eu vim aqui para fazer três coisas: Eu vim queimar o templo da sua igreja, rasgar sua bíblia e tirar a tola idéia de Deus da sua cabeça. O crente respondeu para ele: O senhor pode ate queimar minha igreja e rasgar minha bíblia, mas antes de o senhor banir a idéia de Deus da minha cabeça, o senhor vai ter que apagar as estrelas no firmamento, porque enquanto elas brilharem eu saberei que Deus existe.
2.       O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, ELE É O DEUS DA PROVIDENCIA:
        I.            Observe o verso 25b: pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas...
·         Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; Atos 17:28
      II.            Deus não apenas criou você, Ele sustenta você.
·         Você só esta aqui porque Deus preserva sua vida.
·         É Deus quem te dar de tudo.
   III.            Às vezes nós só queremos enxergar Deus nas coisas extraordinárias e não enxergamos Deus nas coisas ordinárias.
3.       O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, ELE É O DEUS SALVADOR.
        I.            Observe o verso 18: E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: Que quer dizer este paroleiro? E outros: Parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição.
      II.            Tem muita gente que sabe que Deus, cuida de nós, porem vai para o inferno.
·         Porque ainda não se rendeu aos pés de Jesus.
   III.            Esse Deus que os atenienses não conheciam era um Deus de amor.
·         É o Deus que enviou seu único filho para morrer em seu lugar.
·         Pare para perceber que Deus não precisava nos amar, mas ele nos ama.
·         O amor é a própria definição de Deus, pois a bíblia diz que Deus é amor.
·         Não era o Deus vingador e terrível como eles imaginavam.
4.       O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, ESSE DEUS É O SENHOR.
        I.            Observe o verso 24: O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens...
      II.            Hoje dizer que Jesus é o Senhor para nós ate não custa nada. Muito normal.
·         Mas naquela época o entendimento de todos os súditos de Roma é que havia um único senhor: Cesar é o Senhor.
·         Roma era tolerante com a religião, por isso eles tinham um panteão.
·         Qual era o problema dos Cristãos então com Roma de se ter mais um Deus?
Ø  É porque os cristãos diziam: só Jesus Cristo é o Senhor.
Ø  O cristão entende que há somente um Deus, um salvador, um mediador entre Deus e o homem.
   III.            Nós não cremos:
·         Que toda religião é de Deus.
·         Não cremos que todo caminho leva para o céu.
·         Não cremos que se a pessoa é boa ela vai para o céu.
·         Cremos que só existe um que salva e Ele é Jesus.
5.       QUEM É O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, O DEUS VERDADEIRO.
        I.            Esse Deus não pode ser confundido com nenhum objeto de idolatria.
·         Observe o verso 24b: não habita em templos feitos por mãos de homens...
·         Observe o verso 29: Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens...
·         Os gregos concebiam seus deuses e faziam imagens para eles.
Ø  Eles se prostavam diante dessa imaginam e adoravam essa imagem que eles mesmos fabricavam como se fosse uma divindade.
Ø  Até os dias de hoje é assim.
Ø  Oseías 4.12:  O meu povo consulta a sua madeira, e a sua vara lhe responde, porque o espírito da luxúria os engana, e prostituem-se, apartando-se da sujeição do seu Deus. As pessoas são enganadas pela idolatria.  
6.       QUEM É O DEUS QUE OS ATENIENSES NÃO CONHECEM, ELE É O DEUS QUE EXIGE ARREPENDIMENTO.
        I.            Observe o verso 30: Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam...
·         Os gregos eram orgulhosos
Ø  Eles se julgavam os melhores do mundo.
Ø  Eles achavam que seus pensadores eram os supra sumos do mundo.
Ø  Eles viviam no topo de todo otimismo a cerca deles mesmos.
·         Então Paulo chega e diz: Então vocês precisam se arrepender.
Ø  Paulo diz: vocês são pecadores e carecem desesperadamente da graça de Deus.
      II.            Alguém pode dizer arrepender de que?
·         Se eu sou um bom filho, pai, patrão, marido, esposa etc.
·         Você não precisa arrepender-se somente do que você faz, mas de quem você é.
Ø  Você não é pecador porque você peca, você peca porque você é pecador.
Ø  Assim como uma laranjeira não é laranjeira porque dar laranja, ela dar laranja porque é laranjeira.
Ø  Esta na sua natureza.
·         Se você não reconhece que é um pecador você nunca vai precisar de um salvador.
·         Se eu não estou doente, porque vou procurar um medico.
·         Se eu não estou perdido, porque vou procurar o caminho.
   III.            O que é arrependimento?
·         No grego metanoia.
·         Quer dizer mudança de mente, mudança de propósito, é a renovação do vosso entendimento.

·         Arrependimento é nascer de novo.